Margaret Groff participa da abertura da Semana de Arte HeForShe, em SP

Assessoria de Comunicação Social - Itaipu Binacional

A diretora financeira executiva da Itaipu, Margaret Groff, participará da abertura da Semana de Arte HeForShe, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), na capital paulista. Promovido pelo movimento global ElesPorElas HeForshe pela igualdade de gênero, o evento acontecerá de 8 a 14 de março, conectando as cidades de Nova York, Londres, Paris, Madri, Bangcok, Santiago e São Paulo. Na agenda, eventos e atividades desenvolvidas com o objetivo de criar espaços para falar sobre a participação e representação das mulheres nas artes.

A primeira edição da Semana de Arte HeForShe foi realizada em Nova York, em 2016 e, devido ao grande sucesso, este ano está se expandindo para outras grandes cidades ao redor do mundo. A programação no MAM foi desenvolvida com o objetivo de gerar reflexão sobre as formas que as artes podem ajudar na promoção da igualdade.

A Semana de Arte HeForShe foi criada com o objetivo de responder à necessidade de fortalecer a representação das mulheres nas artes e de expandir a noção de identidade de gênero e de raça. Segundo Nadine Gasman, Representante da ONU Mulheres no Brasil, as artes refletem o nosso tempo e os valores prepoderantes na sociedade. “Se, por um lado, elas absorvem e reforçam papeis sociais tradicionais de gênero, por outro, elas têm o poder de desconstruí-los. Assim como em várias esferas sociais, as mulheres – especialmente as mulheres negras, indígenas, trans e com deficiência – estão subrepresentadas na artes”, afirmou.

Para Nadine, as artes, em suas diferentes expressões, oferecem inúmeras possibilidades de empoderamento para as mulheres e meninas em sua diversidade, e de progresso na busca pela igualdade de gênero, raça e etnia. “Para além das mulheres, as artes são formas de acabar com preconceitos e reconhecer homens e mulheres, meninos e meninas, puramente pelo seu talento”, disse.

“É por meio das artes que nós naturalizamos grandes transformações sociais. A cidade de São Paulo, famosa por ser multicultural e multifacetada, oferece um cenário riquíssimo em diversidade que é uma inspiração para o mundo da arte. Com a Semana de Arte HeForShe, o nosso objetivo é criar espaço para que essa diversidade seja representada. O MAM tem sido um grande parceiro na busca desse objetivo de fortalecer a representação das mulheres e de expandir a noção de identidade de gênero e de raça por meio das artes”, adicionou.

As atrações da Semana de Arte HeForShe serão distribuídas ao longo de sete dias, cada um com foco especial em uma forma de expressão artística. Para colocar a Representatividade das Mulheres no mundo da arte em pauta, a Semana de Arte HeForShe realizará concertos, palestras, exibição de filmes, rodas de conversa, apresentações de teatro, música, dança e poesia, exposições de arte e oficinas.

“Acredito que o MAM, como toda instituição cultural, tem um papel essencial como agente de mudanças sociais. Iniciativas como essa reforçam nossa vocação em debater os grandes temas contemporâneos”, comenta Milú Villela, presidente do MAM. O apoio integral do MAM à causa levou à parceria com a ONU Mulheres e à realização conjunta da Semana de Artes HeForShe.

Além das atividades realizadas no MAM, a Semana de Arte HeForShe promoverá uma ação de grafitagem HeForShe no campus da Universidade de São Paulo. A arte será criada por duas artistas paulistanas durante ao longo do dia 08 de março nos muros da Escola de Comunicação e Artes. No dia 09 de março, a Maurício de Sousa Produções realizará uma mesa-redonda sobre o projeto #DonasDaRua de empoderamento de meninas, que lançará, na oportunidade, uma exposição inspirada nas personagens dos quadrinhos.

A Semana de Arte HeForShe de São Paulo é uma realização da ONU Mulheres e do MAM, com apoio e patrocínio da Avon, GNT, Heads Propaganga, Itaipu Binacional, Livelo, Mattos Filho, Mauricio de Sousa Produções, PwC e USP Mulheres. A programação completa pode ser conferida no site www.semanadaarteheforshe.org.